domingo, maio 7

«E não é provável que chova tão cedo»

Que fazem os partidos na oposição? Nada. Aguardam com paciência que, no futuro, lhes seja passado um cheque em branco. Por isso, têm, durante a travessia do deserto, líderes transitórios, uma espécie de artistas que fazem as primeiras partes dos concertos. Tive, em tempos, uma conversa com o Filipe sobre esta questão — que durou três ou quatro posts.

Vasco Pulido Valente retomou ontem o tema:

Colocada nestes termos, trata-se de uma conversa armadilhada: a política cede o lugar à «competência». Mas reflecte uma certa realidade: a dos gabinetes de estudo entre eleições, onde se amontoam resmas de jornais amarelados pelo tempo.

Comments:
Enjoyed a lot! » »
 
That's a great story. Waiting for more. » » »
 
Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?